Regra nº 9 – Mantenha a Simplicidade

Olá Poupadores,

A regra nº9 é sobre a simplicidade nos investimentos.  Existe aquela famosa frase que Investir é Simples mas não é Fácil.

Ao longo da sua vida como investidor você irá notar que a parte mais difícil é seguir o plano e deixar a emoção de lado. Fazer o feijão com arroz que é diversificar, não tentar acertar o timing do mercado, investir baseado em fundamentos e não em preço, ter uma alocação de ativos coerente com a sua vida, etc.

Por isso, a importância desse penúltimo artigo, vamos focar em dois pontos principais para alcançar seus resultados e tornar o processo simples e objetivo.

1 – Alocação de Ativos

Essa é a decisão mais importante que você precisa tomar em relação ao seu portfólio de investimento.

Conforme o gráfico acima fica claro que ao longo da sua vida a sua alocação de ativos vai mudando. Mantenha isso simples, faça mudanças gradativas de 1% para cada ano que você for envelhecendo. Isto é, diminua 1% em ativos mais arriscados como ações e vá aumentando em ativos com menor volatilidade como renda fixa.

2 – Rebalancear a Carteira

Rebalancear a carteira é ajustar as porcentagens de cada ativo conforme o planejado.  No exemplo abaixo a carteira de Renda Fixa – Bonds teve um rendimento muito superior à carteira de Ações – Stocks e por isso foi necessário realizar o rebalanceamento. Vende-se 5% de Títulos e pega o dinheiro da venda e compra em ações, voltando ao planejado de 50%-50%.

Qual a importância disso? Simples, Rebalancear reduz o risco/volatilidade e aumenta o retorno da sua carteira.

Com essas duas estratégias você faz a gestão dos seus investimentos de forma simples e objetiva, gerando valor para o seu portfólio no longo prazo.

No próximo post vamos falar sobre a Regra nº10 – Continue Conforme Planejado. Iremos fazer um resumo de todas as regras dessa série de posts.  

Até lá.

Add Comment