Regra nº 6 – Use ETFs

Olá Poupadores,

A regra nº6 é sobre o papel dos Exchange Traded Funds – ETF no seu portfólio de Investimentos.

Use ETFs na maioria dos seus investimentos, principalmente se começar a construir o seu portfólio de investimentos no exterior. Não deixe de ler o post Qual corretora escolher para investir no exterior?

Quanto mais cedo você escolher a melhor corretora pro seu perfil, mais rápido os juros compostos irão contribuir para o crescimento dos seus investimentos.

Por que usar ETFs?

Basicamente o Retorno do Investidor = Retorno Mercado – Custos, portanto a primeira regra se quiser ter um bom retorno é manter o custo o mais baixo possível. Em relação a custo não existe forma mais econômica do que investir através de ETF. Não existe. Existem ETFs que cobram 0,04% ao ano, possuem mais de 5000 empresas espalhadas pelo mundo todo.

Imagina quanto de corretagem você iria gastar por ano para ter 50 empresas no seu portfólio? E não adianta em se tratando de Brasil tudo bem ter 12 empresas mas se quiser ser diversificado no mundo inteiro você precisa de no mínimo umas 100 ações e pro pequeno investidor é praticamente impossível montar uma carteira com 100 empresas. O seu custo vai ser muito alto e praticamente vai derreter o seu retorno.

Segundo ponto é em relação a sua capacidade como investidor ativo em ganhar do Mercado.

No longo prazo a probabilidade do Investidor Ativo bater o Mercado é de 1%. Você acha que tem inteligência, capital, informação suficiente pra estar entre esses 1%? Se sim, esquece ETFs, agora se você quer “simplesmente” ter o retorno do Mercado, vá de ETF.

 

Esse gráfico ilustra o retorno dos investidores após a contabilização dos custos. É interessante notar que você pode até conseguir um retorno acima do mercado, algo bem difícil de conseguir, mas mesmo assim o seu retorno final ajustado pelo custo vai ser abaixo do mercado. Conforme falado acima é praticamente impossível no longo prazo(mais de 30 anos) ganhar do mercado e além de obter rendimentos superiores, seus custos tem que ser muito baixos para compensar o retorno extra.

 

Maiores empresas de ETFs

Particularmente a Vanguard é uma das melhores opções em termo de liquidez, baixo custo e qualidade das informações. Ishares da BlackRock também tem ETFs com custos extremamente baixos. SPDR é a segunda maior dos EUA e Charles Schwab vem crescendo e tem algumas opções interessantes de ETFs.

Comece estudando pelo site da Vanguard e da Ishares.

Essas duas fornecedoras de ETF já são suficientes para criar um portfólio bastante diversificado e completo para o pequeno investidor começar a investir no exterior.

No próximo post vamos falar sobre a Regra nº7 – Mantenha os Custos Baixos. Isso mesmo, mantenha os custos baixos, principalmente para o pequeno investidor.

Até lá.

Add Comment