Entendendo o Tesouro Direto

 

 

 

 

O Tesouro Direto é uma ferramenta criada pelo Tesouro Nacional e pela BM&F Bovespa para que a venda de títulos públicos federais pudesse ser feita pela internet a pessoas físicas.

Antes do ano de 2002 quando o programa foi lançado, as pessoas só conseguiam investir em títulos públicos federais através de fundos de renda fixa e como no Brasil as taxas de administração dos fundos são abusivas, acabava que para o pequeno investidor, a aplicação em fundos acabava sendo um desastre em termos de rendimentos.

O programa Tesouro Direto possui vários títulos com diferentes prazos, rentabilidades, indexadores e vencimentos. Portanto, se você já sabe o que é Alocação de Ativos, o Tesouro Direto é uma ótima opção para o seu Portfólio de Renda Fixa Brasil.

Por que investir no Tesouro Direto?

 

 

  • SEGURANÇA 

Os títulos de renda fixa do Tesouro Direto são garantidos pelo Governo Federal. Não existe nada 100% garantido mas se você está procurando ativos de renda fixa com o menor risco da economia no Brasil o Tesouro Direto é a melhor alternativa.

 

  • RENTABILIDADE

Comparando com ativos de renda fixa disponíveis no mercado, o Tesouro Direto é extremamente competitivo.  Sozinho da sua casa, usando seu computador ou celular você irá obter rendimentos iguais aos de grandes bancos dado o baixo custo cobrado pelo Tesouro Nacional.Existem duas taxas cobradas pelo Tesouro Direto:

          1) Taxa de custódia da BM&F Bovespa = 0,3% ao ano

          2) Taxa da corretora = 0 a 2% ao ano. Atualmente existem 25 corretoras que cobram taxa 0%.

          Custo anual para investir no Tesouro Direto escolhendo corretora taxa 0% = 0,3% ao ano

 

  • LIQUIDEZ

Esse ponto é um dos principais. O Tesouro Nacional garante a recompra diária dos seus títulos. Resumindo, o Tesouro Direto possui liquidez diária com liquidação D+1, ou seja, vendendo o título hoje, amanhã o dinheiro está na sua conta da corretora.

Muitas pessoas atualmente optam por outros ativos de renda fixa que prometem uma rentabilidade maior devido à isenção de IR porém a maioria possuem carência ou prazo para resgate. Nunca faça investimento sem liquidez, e de preferência liquidez diária. Você só vai sentir a importância disso quando precisar do dinheiro e não puder utilizar porque está bloqueado em algum investimento sem liquidez.

 

  • DIVERSIFICAÇÃO

Você tem a sua disposição 3 tipos de títulos para investir: Prefixado, indexados à SELIC ou à inflação. Diversificando entre os títulos do Tesouro Direto você pode se proteger da alta dos juros (Tesouro Selic) ou da baixa dos juros (Tesouro Prefixado) ou da inflação (Tesouro IPCA+).

 

  • ACESSIBILIDADE

Mínimo de R$ 30,00 para investir no Tesouro Direto. Como não existe corretagem e sim taxa de custódia cobrada anualmente e sobre o valor do investimento, tanto faz comprar R$ 30,00 ou R$ 30.000,00, o custo será sempre os mesmos 0,3% ao ano. Com apenas R$ 100,00 é possível criar uma carteira de renda fixa diversificada.

 

  • FLEXIBILIDADE

Tipo, prazo e fluxo de pagamento:

  1. Tipos: Prefixado, Selic e IPCA;
  2. Prazo: 2 a 35 anos;
  3. Fluxo: Pagamento no vencimento ou com juros semestrais.

 

Investindo no Tesouro Direto

  1. Primeiro passo: Abra uma conta em alguma corretora ou instituição financeira habilitada. Dê preferência as corretoras que cobram 0% de taxa de administração.
  2. Segundo passo: Transfira o dinheiro que irá alocar no Tesouro Direto para a corretora que você fez o cadastro.
  3. Terceiro passo: Acompanhe a rentabilidade gerada pelos seus títulos.

 

Tributação no Tesouro Direto

Dois impostos incidem sobre a aplicação no Tesouro Direto:   IOF e IR.

IOF: Se o investimento tiver prazo menor do que 30 dias será cobrado IOF sobre o rendimento em valores decrescentes que vão de 96% para 1 dia e 0% para 30 dias. Após 30 dias não é cobrado IOF.

IR:                       Prazo da Aplicação           Alíquota de IR

                              até 180 dias                              22,5%

                              de 181 a 360 dias                     20,0%

                              de 361 a 720 dias                     17,5%

                              acima de 721 dias                    15,0%

                                                                              
Balanço do Tesouro Direto

Títulos indexados pela Selic são mais seguros e tem menos volatilidade, títulos atrelados ao IPCA garantem um retorno real e títulos prefixados tem uma taxa de rentabilidade maior porém tem maior volatilidade e são mais impactados por mudanças nas taxas de juros.

Vendas por indexador – %

Títulos com o prazo mais curto geralmente tem rentabilidade menor e menos volatilidade. Títulos mais longos geralmente oferecem uma maior rentabilidade porém tem uma maior volatilidade.

Vendas por Prazo – %

Atualmente o Programa Tesouro Direto tem um estoque de R$ 48 bilhões. Indiretamente ao investir no Tesouro Direto você está contribuindo para melhorar o nível de poupança do país e  aumentar os investimentos.                                

Estoque Total – R$ Milhões

Com 600.000 investidores ativos, o Tesouro Direto está se aproximando de alcançar a marca de 1 milhão de pessoas. Dada a qualidade do Tesouro Direto e as vantagens envolvidas podemos esperar que esse número ainda vai crescer muito nos próximos anos.

                                        

Quantidade Investidores – Cadastrados e Ativos

 

Simulador Tesouro Direto

Está em dúvida sobre qual titulo escolher ou quer simular uma aplicação? Utilize a ferramenta Tesouro Direto – Simulador oferecida no site do Tesouro Nacional.

Como escolher uma instituição financeira 

Primeiramente você precisa saber quais são as instituições financeiras habilitadas pelo Tesouro Direto. No site do Tesouro Nacional tem uma lista de todas as instituições habilitadas. Abaixo vamos disponibilizar uma lista com todas as opções disponíveis atualmente.

Instituição Financeira Taxa Descrição Prazo de Repasse dos Recursos (dias úteis)[2]
AGORA CTVM S/A 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
ATIVA INVESTIMENTOS S.A. CTCV 0,00% NÃO COBRA TAXA! D + 0
BANCO BTG PACTUAL 0,00% Taxa ZERO para investir em Tesouro Direto! D + 0
BANCO MODAL 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
BGC LIQUIDEZ DTVM 0,00% Atende apenas pessoas vinculadas D + 1
BRADESCO S/A CTVM 0,00% NÂO COBRA TAXA! D + 0
BRASIL PLURAL CCTVM S/A 0,00% Cobrança ao ano D + 0
CLEAR CORRETORA – GRUPO XP 0,00% Sem cobrança D + 0
CM CAPITAL MARKETS CCTVM LTDA 0,00% Cobrança ao ano D + 0
EASYNVEST – TITULO CV S.A. 0,00% Não cobra taxa D + 0
GERACAO FUTURO CV S/A 0,00% Não Cobra Taxa D + 0
GRADUAL CCTVM S/A 0,00% NÃO COBRA TAXA !! D + 0
GUIDE INVESTIMENTOS S.A. CV 0,00% Não cobra taxa. D + 0
H.COMMCOR DTVM LTDA 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
INTERMEDIUM DTVM LTDA 0,00% NÃO HÁ COBRANÇA! D + 0
J. SAFRA CVC LTDA. 0,00% Cobrança ao ano D + 0
MAGLIANO S.A. CCVM 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
MIRAE ASSET WEALTH MANAGEMENT 0,00% Ao ano. D + 0
MODAL DTVM LTDA 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
RICO INVESTIMENTOS – GRUPO XP 0,00% NÃO COBRA TAXA D + 0
SOCOPA SC PAULISTA S.A. 0,00% Tesouro Direto – Taxa Zero D + 0
SPINELLI S.A. CVMC 0,00% NÃO COBRA TAXA !!! D + 0
TORO CTVM LTDA. 0,00% Taxa ZERO para investir em Tesouro Direto! D + 0
TULLETT PREBON 0,00% Não cobra taxa D + 1
XP INVESTIMENTOS CCTVM S/A 0,00% Sem cobrança D + 0
UBS BRASIL CCTVM S/A 0,06% Entre 0,06 e 0,20 ao ano D + 0
CONCORDIA S.A. CVMCC 0,10% Entre 0,10% e 0,35% D + 1
NOVA FUTURA CTVM LTDA 0,10% Cobrança ao ano D + 0
ICAP DO BRASIL CTVM LTDA 0,20% Cobrança ao ano D + 0
PLANNER CV S.A 0,20% Cobrança ao ano D + 0
RENASCENÇA DTVM LTDA 0,20% Cobrança ao ano D + 0
TERRA INVESTIMENTOS DTVM LTDA 0,20% Cobrança ao ano D + 0
BANRISUL S/A CVMC 0,25% Ao Ano. D + 0
CITIGROUP GMB CCTVM S.A. 0,25% Entre 0,25 e 0,50 ao ano D + 0
COINVALORES CCVM LTDA. 0,25% Cobrança ao ano D + 1
FATOR S.A. CV 0,25% Cobrança ao ano D + 0
MAXIMA S/A CTVM 0,25% Cobrança ao ano D + 0
NOVINVEST CVM LTDA. 0,25% Cobrança ao ano D + 0
SITA SCCVM S.A. 0,25% 0,125% debitado em 01/01 e em 01/07. D + 0
SLW CVC LTDA. 0,25% Cobrança ao ano D + 0
WALPIRES S.A. CCTVM 0,25% Cobrança por operação D + 0
ALFA CCVM S.A. 0,30% Cobrança ao ano D + 0
AMARIL FRANKLIN CTV LTDA. 0,30% Cobrança ao ano D + 0
ELITE CCVM LTDA. 0,30% Cobrança ao ano D + 0
ITAU CV S/A 0,30% Clientes Personnalité D + 0
LEROSA S.A. CVC 0,30% COBRANÇA AO ANO D + 0
MUNDINVEST S.A. CCVM 0,30% Entre 0,30 e 0,50 ao ano D + 1
NOVA FUTURA DTVM LTDA 0,30% Cobrança ao ano D + 0
ORLA DTVM S/A 0,30% Cobrança ao ano. D + 1
PETRA PERSONAL TRADER CTVM S.A 0,30% Entre 0,30 e 0,50 ao ano D + 0
UNILETRA CCTVM S.A. 0,30% Cobrança ao ano D + 0
VOTORANTIM ASSET MANAG. DTVM 0,30% Cobrança ao ano D + 0
CAIXA ECONOMICA FEDERAL 0,40% Cobrança ao ano D + 1
HSBC CTVM S.A. 0,40% Cobrança ao ano D + 0
SANTANDER CCVM S/A 0,40% Cobrança ao ano D + 0
SENSO CCVM S.A. 0,40% Cobrança por operação D + 0
UM INVESTIMENTOS S.A. CTVM 0,40% Cobrança ao ano D + 1
ADVALOR DTVM LTDA 0,50% Cobrança por operação D + 0
BB BANCO DE INVESTIMENTO S/A 0,50% Cobrança ao ano D + 0
CODEPE CV E CAMBIO S/A 0,50% Cobrança ao ano D + 0
CORRETORA GERAL DE VC LTDA 0,50% Cobrança ao ano D + 0
ITAU CV S/A 0,50% Clientes Itaú. (Exceto clientes Personnalité) D + 0
SOLIDUS S/A CCVM 0,50% Cobrança ao ano D + 1
BANCO DAYCOVAL 2,00% De 0% a 2% ao ano. Dependedo do cliente e da negociação. D + 1

Escolheu a sua corretora?

Agora é só enviar o dinheiro e começar a investir no Tesouro Direto e construir uma carteira diversificada. Lembre-se sempre da Regra nº4 – Diversifique ao máximo seus investimentos.

Fim